quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Sim, deu match! Confira como foi a 4ª Mostra Científica de PP

Banca de avaliação. Suéllen Lemos, Adriana Cordenonsi e Viviane Camelo.






















Os dias 28 e 29 de novembro foram reservados para a 4ª Mostra Científica de Publicidade e Propaganda. Idealizada pela coordenação do curso, o evento aconteceu no auditório da Uniron Shopping e reuniu alunos e profissionais da área da comunicação.

Em todos os semestres a Mostra Científica visa estimular a pesquisa entre os acadêmicos e a aplicação dos conhecimentos adquiridos em sala de aula, refletindo acerca da função social da publicidade, passando também pela preparação para o mercado de trabalho.

Para a coordenadora de Publicidade e idealizadora do evento, Maria Angela Dummel, "o grande diferencial desta IV Mostra foi a apresentação dos alunos do oitavo período com seus TCCs, e isso será aprimorado para as próximas edições. Todos os trabalhos apresentados foram excelentes dentro do que se propuseram a fazer, tendo em vista também que são trabalhos acadêmicos. Com certeza, a cada edição do evento a qualidade aumenta e a escolha dos melhores trabalhos fica cada vez mais difícil para os professores."
Maria Angela Dummel, a coordenadora de PP.






Conversa com a equipe do reality show Chef de Casa

A equipe de produção do reality show Chef de Casa, da SIC TV, foi convidada para compartilhar da experiência e desafios da produção local. Jorge Damschi, gerente de marketing, Juraci Júnior, diretor de conteúdo e apresentador, e Cleberson Wesz, diretor de produção, abordaram diversos assuntos, como a importância dessa inovação do mercado, as dificuldades enfrentadas e as etapas do programa até a chegada da final.
Da esquerda para a direita: Cleberson Wers, Juraci Júnior e Jorge Damschi.

O diretor de produção Cleberson Wesz acredita que essa troca de experiência vai somar ainda mais para o crescimento dos alunos no mercado de trabalho. "Estamos tentando passar um pouco do que a gente aprendeu e passou, tudo o que fizemos pra que esse programa acontecesse. É muito legal passar pro pessoal que tá estudando e que quis saber um pouco da nossa experiência, eu acho que tem muita coisa legal pra gente aprender com eles e eles com a gente", diz o diretor.


Convidados que sempre marcam presença

Gustavo Bonfante e Jeferson Dino, alunos de Jornalismo da Uniron, sempre marcam presença nos eventos da comunicação social. Dessa vez não foi diferente. Durante o segundo dia do evento, apresentaram canções da cultura pop e MPB, gerando satisfação aos convidados.
Gustavo Bonfante na voz e Jeferson Dino na guitarra.



























Trabalhos apresentados

3º/4º períodos

A turma dos 3º e 4º períodos tiveram que produzir vídeos retratando as áreas de produção gráfica, planejamento em Publicidade e Propaganda e redação publicitária. Além disso, deveriam criar uma campanha de marketing digital para a divulgação do canal Mundo Publicitário, criado em 2016.1 para exibição de trabalhos acadêmicos de Publicidade.

No total, três vídeos foram totalmente criados e produzidos pelos alunos, cada um com estilos e técnicas diferenciadas. Você pode conferir os resultados no canal Mundo Publicitário.
O aluno Hugo Prestes ficou satisfeito com o resultado final do trabalho e do evento. "O nosso trabalho abordou a produção gráfica e produção audiovisual. Foi muito interessante pois colocamos o conhecimento adquirido na sala em prática. A 4ª Mostra, como as anteriores, foi um sucesso de forma geral com trabalhos acima da expectativa", afirma o aluno.

5º período

Já o 5º período teve que criar um produto de comunicação para a EDP University Challenge, desafio criado pela distribuidora de energia EDP, com o intuito de apresentar soluções inovadoras que previnam os riscos com energia elétrica. Sendo assim, além de contar como avaliação do semestre, os alunos ainda concorrem a R$ 16 mil.

Duas campanhas foram apresentadas. A campanha "Se é perigoso não é brincadeira", que abordou os perigos de empinar pipa próximo a redes elétricas e "Cilada", que focou no furto de energia e ligações clandestinas.
Peça-conceito da campanha Cilada.

Maelson Jorge, aluno do 5º período, contou um pouco da execução do trabalho. "A campanha foi elaborada de acordo com o cronograma passado pelos professores. Antes de chegar na elaboração da peça-conceito com nossas estratégias, existe todo um planejamento, começando pelo briefing disponibilizado pela EDP. Porém faltavam algumas informações e completamos. Em seguida veio a pesquisa, para se ter mais conhecimento do nosso público-alvo e para que nosso objetivo, que era conscientizar a população, fosse alcançado", diz Maelson.
Peça-conceito para outdoor da campanha Se é perigoso, não é brincadeira.















6º período

Os alunos do 6º deveriam aplicar a régua de relacionamento em uma empresa alimentícia. O intuito era melhorar o relacionamento entre consumidor e empresa.
Alunos do 6º período durante sua apresentação.

A aluna Anne Galvão foi uma das idealizadoras do trabalho e falou sobre a importância da ferramenta para a empresa. "A construção da régua de relacionamento nos proporcionou ao conhecimento de como organizar uma empresa, desde o atendimento ao pós-vendas, nunca deixando de lado a importância de um banco de dados, para melhorar o desempenho dos serviços oferecidos por qualquer empresa. No nosso caso a escolhida foi a Pastel e Cana Ltda", conta a aluna.


Novidade na Mostra: painel científico dos TCCs do 8º período
TCCs expostos em formato de painel científico.
Pela primeira vez em uma Mostra Científica de Publicidade, os alunos do 8º perído tiveram a oportunidade de apresentar os resultados de seus TCCs. Os trabalhos estavam expostos no formato de painel científico para os presentes do evento.


Premiações e o Gran Prix: "Será que dá Match?"

Como é tradição nas Mostras Científicas, os melhores trabalhos foram premiados, de acordo com as categorias estabelecidas pela organização do evento. Nesse semestre, o integrado que venceu o Gran Prix - melhor trabalho apresentado durante a 4ª Mostra, foi o "Será que dá Match? Descubra o publicitário que há em você", do 3º/4º período.
Integrantes do JobIntegrado, grupo que idealizou a campanha Será que dá Match?


























A líder do grupo, Juliana Neves, contou sobre a experiência de receber o Gran Prix. "Coordenar uma equipe com 10 integrantes foi bem desafiador, passamos por diversos brainstormings, fomos direcionados por nossos mestres que nos fizeram chegar à ideia principal: "Vem pro meu mundo - descubra o publicitário que há em você". Com os avatares desenvolvidos, ilustrados por Alex Carlos que esbanja talento, criamos uma identidade visual para a ideia. Em todo o processo tem um pouco de cada integrante. Maravilhoso mesmo foi conseguir alcançar nosso target e claro, o tão desejado Grand Prix. Confesso que ele era o prêmio que eu mais desejava e impulsionava o grupo também, felicidade não cabe no peito", diz Juliana entusiasmada.

Confira o resultado das premiações:

Melhor campanha publicitária
"Cilada" - 5º período

Melhor pesquisa mercadológica
"Cilada" - 5º período

Melhor peça laboratorial de vídeo
"Planejamento estratégico na Publicidade e Propaganda" - 3º/4º período

Melhor peça gráfica
"Será que dá match? Descubra o publicitário que há em você" - 3º/4º período

Melhor proposta em mídia digital
"Será que dá match? Descubra o publicitário que há em você" - 3º/4º período

Melhor planejamento estratégico
"Cilada" - 5º período

Melhor paper científico
"Sé é perigoso não é brincadeira" - 5º período

GRAND PRIX – melhor trabalho apresentado durante a 4ª Mostra
"Será que dá match? Descubra o publicitário que há em você" - 3º/4º período

Você pode conferir todas as fotos do evento clicando aqui.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Saiba tudo sobre a Avaliação Interdisciplinar de Publicidade e Propaganda



Como vocês já sabem, está chegando a Prova Interdisciplinar deste semestre. Programada para acontecer nesta sexta (02), a prova conta com um regulamento fundamental para que o aluno compreenda suas diretrizes. A UCOM separou os principais tópicos e vai explicar tudo pra você.

O que é a Avaliação Interdisciplinar?

É uma avaliação parcial destinada a composição da nota parcial II para todos os alunos do curso de Publicidade e Propaganda da Uniron. A nota vale de 0 a 10 e possui peso 3 no 2º bimestre.

Em que lugar ocorrerá a aplicação?

As avaliações serão aplicadas em locais diferentes e reguladas por um professor específico. Confira abaixo:

Sala D13 - 3º E 4º períodos - Profª. Viviane Camelo
Sala D15 - 5º período - Profª. Suellen Lemos
Sala G12 - 6º período - Prof. Ivan Souza
Sala G13 - 7º e 8º períodos - Profª Adriana Cordenonsi

Os alunos não-semestralizados, ou seja, os que fazem matérias de mais de um semestre, realizarão a avaliação na turma a qual estiver matriculado pelo sistema da Uniron. Basta olhar no portal, na sessão "Minha grade", que você encontra o semestre correspondente.

Qual o horário de aplicação?

As avaliações iniciarão às 19h30 e encerrarão às 22h.
OBS.: Os alunos que chegarem após às 20h, ou seja, 30 minutos após o início, não poderão fazer a prova.

Como está estruturada a avaliação interdisciplinar?

Para as turmas do 3º ao 6º período
A prova conterá 25 questões, sendo 5 de cada disciplina do semestre correspondente. As provas podem conter questões que abordam o livro do semestre.

Para as turmas dos 7º e 8º períodos
A prova conterá 35 questões, contemplando 07 disciplinas, não só do semestre, mas de todo o curso de Publicidade. Cada aluno deverá responder somente 25 questões, ou seja, ele deve escolher 05 das 07 disciplinas  disponibilizadas.

Não será permitido responder mais de 25 questões,  sob pena de anulação automática das mesmas. Realmente é necessário escolher as 5 disciplinas e indicá-las no gabarito da prova.

Para alunos não-semestralizados
Os alunos não-semestralizados deverão indicar na prova quais disciplinas não estão cursando no semestre corrente e deverão trocá-las por uma ou até duas disciplinas já cursadas anteriormente (Fotografia e Legislação e Ética na Comunicação), no intuito de completar as 25 questões a serem respondidas.

E se eu não comparecer para fazer a avaliação?

Não haverá substituição da Avaliação Interdisciplinar por outras formas de avaliação, em decorrência da ausência do aluno no dia designado.

Depois de ter feito a prova, terei acesso ao gabarito?

Os gabaritos preliminares serão disponibilizados em até 3 dias úteis após a data da aplicação da Avaliação Parcial Interdisciplinar.


Por enquanto, é só. Depois de fazer a avaliação, pode se considerar de férias (se não ficar de final, e nós torcemos por isso, haha).

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Mostra Científica de PP encerrará hoje com apresentação cultural e premiação dos melhores trabalhos

Ontem a abertura da Mostra Científica de PP foi um êxito. Tivemos palestras, apresentações de trabalho e em breve faremos uma matéria com todos os detalhes.

Enquanto isso, queremos mostrar pra vocês os detalhes do que rola hoje, no encerramento do evento. Pra abrir a noite, teremos uma recepção cultural mais que especial. Os cantores e alunos Jeferson Dino e Gustavo Bonfante farão apresentações especiais. Os mesmos já participaram de outros eventos da comunicação e mais uma vez vão abrilhantar a noite.

Gustavo Bonfante e Jeferson Dino.




















Em seguida, a galera do 6º período que iria apresentar ontem os trabalhos sobre régua de relacionamento, pulam pra hoje, por questões de cronograma.

Para encerrar as apresentações, a turma do 3º/4º período apresentam os vídeos que produziram para o canal 'Mundo Publicitário'. Além disso, a turma também executou a campanha digital de divulgação do canal.

Uma das peças da campanha digital, idealizada por alunos do 3º/4º período de Publicidade.























E de forma inédita, os alunos do 8º período apresentarão em painel científico o resultado de seus TCCs. Os banners com os resultados já estão expostos no auditório da Uniron Shopping.

A aluna Silvia Secundo contou como se sente com o término da faculdade. "É uma mistura de felicidade e tristeza. Felicidade porque mais uma fase importante da minha vida está se concretizando e sei que dei o meu melhor nesses 4 anos de faculdade. Foi correria total, mas daqui um tempo sei que sentirei muita falta desses momentos e, é por isso que também sinto tristeza ao pensar que é a última mostra científica que irei participar. Ficarão muitas saudades", diz a aluna.

Para finalizar a Mostra, a coordenação premiará os melhores trabalhos apresentados. As categorias são: melhor campanha publicitária/promocional; melhor pesquisa mercadológica; melhor peça laboratorial de áudio (jingle, spot, radionovela ou outro); melhor peça laboratorial de vídeo (filme publicitário, vinheta, videoclipe, documentário); melhor peça gráfica; melhor fotografia; melhor proposta em mídia digital (blog, website, publicidade digital); melhor planejamento estratégico (de marketing ou de comunicação); melhor paper científico e GRAND PRIX – melhor trabalho apresentado durante a 4ª Mostra.

Confira a programação de hoje:


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Contagem regressiva: logo mais a noite, abertura da 4ª Mostra Científica de PP

Já estamos na expectativa para a abertura da 4ª Mostra Científica de Publicidade e Propaganda, que inicia hoje às 19h no auditório da Uniron Shopping.

Convidados para abertura da Mostra.



No primeiro dia, o evento contará com uma participação especial de Jorge Damschi, Cleberson Wesz e Juraci Jr. equipe responsável pelo primeiro reality show da nossa região, o programa Chef de Casa da SIC TV. Os convidados debaterão sobre os desafios da produção local.

Em seguida, os alunos do 5º período de Publicidade defenderão seus trabalhos integrados. Neste semestre, a turma teve o desafio de construir uma campanha com o tema "Segurança nas redes elétricas: a vida sempre em primeiro lugar", para a EDP University Challenge, concurso anual para estimular os estudantes, de graduação e pós-graduação, a porem em prática o conhecimento adquirido ao longo do curso acadêmico, promovendo maior ligação entre as universidades e o mundo corporativo. Portanto, ao mesmo tempo em que apresentam seus trabalhos integrados, os alunos concorrem a um prêmio de R$ 16 mil.

A aluna Juliana Oliveira está entusiasmada com o resultado. “A turma fez dois ótimos trabalhos voltados para públicos diferentes. As peças e os conceitos foram coerentes com os grupos alvos de cada um. O desafio foi grande, pois a EDP está presente na região sudeste, em uma realidade diferente da nossa. Mesmo com essa dificuldade, garanto que todos irão gostar dos trabalhos finais que serão apresentados”, afirma a acadêmica.

Turmas do 5º e 6º período, respectivamente.


Para encerrar a noite, alunos do 6º período abordarão o tema "Segmentação no Marketing: o uso da régua de relacionamento em uma empresa alimentícia". O trabalho foi orientado pelo professor especialista Andrews Botelho e utiliza a régua de relacionamento como ferramenta para aperfeiçoar o relacionamento entre empresa e consumidor.

Sobre o trabalho, o aluno Felipe Meneghelli comenta: "Escolhemos a Pastel & Cana que é uma empresa de pequeno porte e com a régua conseguimos definir passo a passo o que deve ser feito para construir um bom relacionamento com nossos clientes. Acredito que com a 4ª Mostra Cientifica podemos abrir um leque de conhecimento, temos trabalhos bem elaborados que mostram diversos temas, dando um espaço para mostrar um pouco o que é a Comunicação Social".

Confira a programação completa da abertura:



A Mostra Científica é resultado de um projeto pedagógico da coordenação, que visa estimular a pesquisa entre os acadêmicos e a aplicação dos conhecimentos adquiridos em sala de aula, refletindo acerca da função social da publicidade, passando também pela preparação para o mercado de trabalho.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Publicidade e Propaganda da UNIRON realiza sua 4ª Mostra Científica



Programada para acontecer nos dias 28 e 29 de novembro de 2016, no auditório da Faculdade Uniron Campus Shopping, os acadêmicos de Publicidade e Propaganda mostrarão seus talentos mais uma vez, é a 4ª Mostra Científica do curso. Sempre com o tema "Comunicação, Arte e Sociedade", o evento reunirá os trabalhos práticos e científicos realizados pelos acadêmicos de Publicidade no segundo semestre de 2016.

Para a coordenadora do curso de Publicidade, a professora Ms. Maria Angela de Lima Dummel, a cada evento tem-se trabalhos mais bem elaborados e alunos mais capacitados, além disso, "é na nossa Mostra Científica que todos podem ver do que são capazes. Nossos projetos têm um alto nível de criatividade e elaboração, não deixando nada a desejar se comparados aos grandes centros do País", disse.

Cada turma tem um professor líder responsável pela organização e acompanhamento intenso das atividades da turma, a professora Suellen Lemos, que assumiu essa função neste semestre, fala sobre essa experiência e expectativas para a Mostra: “A expectativa é muito positiva, pois a evolução dos trabalhos e amadurecimento das turmas foi notória no decorrer do semestre e fazer parte deste processo de aprendizagem é muito importante para minha realização pessoal e profissional”.

A Mostra Científica é resultado de um projeto pedagógico da coordenação, que visa estimular a pesquisa entre os acadêmicos e a aplicação dos conhecimentos adquiridos em sala de aula, refletindo acerca da função social da publicidade, passando também pela preparação para o mercado de trabalho. Dentre os estudos apresentados nesta edição, estão: campanha sobre uso consciente de energia elétrica e seus riscos, produção de áudio, ação de marketing de relacionamento, criação e produção de vídeos para o canal Mundo Publicitário, do YouTube, além de campanha de marketing digital. A turma do oitavo período participa com painel científico e resumo expandido dos seus Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs).

O evento contará ainda com uma participação especial da equipe responsável pelo primeiro reality show da nossa região, o programa Chef de Casa da SIC TV. No dia 28, segunda-feira, abrirão o evento para falar sobre os bastidores dessa experiência que foi um sucesso da produção rondoniense. Nos dois dias as turmas apresentarão seus projetos e no dia 29/11 serão premiados, em dez modalidades, os melhores trabalhos acadêmicos apresentados durante a 4ª Mostra Científica. O início do evento será às 19h, nos dois dias, com entrada gratuita.

Fonte: Cacarejaço

Alunos do 3º e 4º períodos de PP preparam campanha digital para o canal 'Mundo Publicitário'

Os acadêmicos do 3º e 4º período do curso de Publicidade e Propaganda da Uniron estão realizando uma campanha digital para promover um produto que é fruto de seus estudos. Trata-se do Mundo Publicitário, um canal institucional do YouTube que aborda diversos temas relacionados à publicidade, com conteúdo inteiramente criado pelos estudantes.

A intenção do canal é chamar a atenção para o curso de Publicidade e Propaganda e divulgar vídeos com explicações racionais e de fácil entendimento, mostrando como a área pode ser divertida.

O público-alvo do projeto são os jovens que estão cursando o ensino médio e pretendem ingressar no curso de Publicidade e Propaganda e também todos aqueles que já trabalham na área.

O aluno José Henrique está entusiasmado com os resultados das produções, realizadas durante todo o semestre. "Vamos produzir vídeos para o canal Mundo Publicitário no YouTube e ainda mais a responsabilidade de criar uma campanha digital para divulgar o canal e o nosso curso para pré-vestibulandos. Estou bastante animado com os resultados. Além de poder prestigiar as apresentações das outras turmas,que sempre dão um show a parte", diz o aluno.

Os métodos utilizados e todas as campanhas digitais que estão sendo veiculadas serão apresentados na 4ª edição da Mostra Cientifica de Publicidade e Propaganda, onde os trabalhos dos estudantes serão avaliados por uma banca docente e ao final da avaliação ocorrerá a premiação para os que melhor se saírem.

Matheus Oliveira, da mesma turma afirma que a 4ª Mostra Científica "será um evento maravilhoso onde a comunicação social ganha um grande destaque. O melhor de tudo é que todos irão usufruir das diversas áreas em que a Publicidade e Propaganda atua e terão a oportunidade de identificar qual o seu perfil Publicitário".

O canal Mundo Publicitário surgiu no primeiro semestre de 2016 e desde então vem sendo divulgado nas mídias sociais em campanhas digitais criadas pelos alunos do curso com instrução dos professores. O Mundo Publicitário é o único canal de Rondônia que explora o tema publicidade.

Acesse o canal aqui.

Fonte: Rondoniagora | Cacarejaço

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Camisetas da 4ª Mostra Científica devem ser encomendadas até hoje, 10

Já está sabendo da novidade? A arte da camiseta da 4ª Mostra Científica já está pronta e prestes a entrar em produção. Se você é daqueles não fica sem a camiseta oficial do evento, se liga que o prazo para confirmar à coordenação de Publicidade e Propaganda se vai ficar com uma é só até quinta-feira, dia 10.

Quer saber o valor? Apenas R$35,00. Se perder o prazo não terá como "comprar" depois, pois serão produzidas conforme o número de pedidos.

E-mail: publicidade@uniron.edu.br

Fonte: Cacarejaço

Alunos de comunicação trocam experiências com o documentarista Miguel Bastos

Dezenas de alunos assistiram a documentário produzido pelo cineasta. Miguel compartilhou experiências e dicas aos participantes.
Por: Bárbara Costa - Redação UCOM

Alunos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda participam de roda de conversa.
Foto: UCOM
























Na última terça-feira (8), o cineasta Miguel Bastos, idealizador do documentário 'Brad, uma noite mais nas barricadas', abordou, em roda de conversa, a temática de produção de documentário independente a alunos de Comunicação Social da Faculdade Uniron.

Ao exibir o documentário, que relata parte da trajetória profissional do seu amigo, jornalista Brad, apresentou as dificuldades de produzir um conteúdo independente nos dias atuais, uma vez que, não está sob o controle de grandes grupos de comunicação e não se vincula a compromissos com anunciantes, grupos políticos ou instituições governamentais.

Miguel Bastos atua como voluntário no Centro de Mídia Independente (CMI) em que exerce o papel de dar a voz àqueles que nem sempre são prestigiados, realiza cobertura de fatos e movimentos sociais nacionais, regionais e até internacionais, com o objetivo de cumprir o papel que a mídia tradicional deixa de cumprir devido aos interesses envolvidos.
O documentário 'Brad, uma noite mais nas barricadas' foi exibido.
Foto: Cícero Augusto Cavalcante
























“A expectativa é compartilhar uma experiência, um aprendizado coletivo e influenciar as pessoas, mas não influenciar de que elas tenham que fazer a mesma coisa que eu faço, mas fazê-las pensarem que elas podem fazer a diferença, que elas mesmas reflexionem sobre que papel que elas querem ter como comunicadoras”, destaca o ativista ao ressaltar que o comunicador é um influenciador de pessoas para o bem ou para o mal e questiona qual perfil os acadêmicos querem desempenhar em suas trajetórias.

A jornalista Solange Bastos também participou do evento e falou um pouco da experiência desafiadora que presenciou enquanto profissional da área em alusão ao documentário de Miguel Bastos, pois teve que desempenhar a cobertura da queda de um avião em que estavam seus colegas de trabalho.
A jornalista Solange Bastos participou da roda de conversa.
Foto: UCOM
























“É importante não perdermos a capacidade de se emocionar. Assim como não perder a capacidade de se emocionar, não perder a capacidade de se indignar. A forma mais honesta da gente comunicar é oferecer o máximo possível de informação, que você possa passar uma verdade, que você defenda uma verdade universal, uma posição ética”, enfatiza Solange Bastos emocionada almejando ter inspirado os alunos que participaram da atividade.

A jornalista afirma ainda que apoia o trabalho de Miguel Bastos e assevera a importância do papel que ele exerce, demonstrando o sentimento de orgulho por presenciar a profunda ética e respeito com que ele explora para conquistar a luta pelo que acredita.


O projeto Roda de Conversa traz como proposta a discussão sobre temas voltados à comunicação, entre alunos e profissionais da área, de forma que proporcione maior experiência e interação, correlacionando as atividades da academia com o meio de trabalho real.

Nenhuma foto de Miguel foi publicada a pedido do mesmo.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Na rota dos arqueólogos da Amazônia: jornalismo e arqueologia foram temas da roda de conversa com a jornalista Solange Bastos

Cerca de 40 estudantes de Jornalismo e Publicidade estiveram presentes.
Por: Tais Botelho | Assessoria UCOM

Foto: André Pessoa
Alunos de Jornalismo participaram de roda de conversa com a jornalista Solange Bastos. O evento aconteceu nesta sexta-feira, 4, no laboratório de produção audiovisual da Faculdade Interamericana de Porto Velho - UNIRON, sendo mais uma das atividades oferecidas pela Agência Junior de Comunicação - UCOM, com parceria da Família Bastos Produções, contando com a colaboração da professora e ex-coordenadora da agência, Cristiane Paião.

Os alunos tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre diversos temas, especialmente o telejornalismo e a arqueologia, área em que Solange se encontra atualmente. No evento, a jornalista aproveitou para comentar sobre seus livros "Na Rota dos Arqueólogos da Amazônia" e "O Paraíso é no Piauí: a descoberta da arqueóloga Niède Guidon".

Além disso, os alunos também assistiram ao documentário "Mundurukânia, na Beira da História" de Miguel Bastos, cineasta e filho da jornalista. Após a noite de conversa e troca de conhecimento, ela falou sobre a importância da valorização do trabalho dos arqueólogos. "A opinião pública precisa estar a par do que está acontecendo, até para que o trabalho do arqueólogo possa ser desenvolvido", afirmou.
A roda de conversa aconteceu no estúdio fotográfico da Uniron.
Foto: André Pessoa

Satisfeita pela realização do evento, Solange contou que espera que os alunos tenham gostado e que se inspirem com tudo o que foi dito. Questionada sobre qual mensagem gostaria de deixar para os futuros profissionais, Solange afirmou com veemência: "Nunca deixe arrefecer a sua curiosidade, nunca deixe que alguém te desanime porque diz 'não, isso é perigoso, não mexe com isso porque vai dar problema.' Aí é que você tem que ir. Não pode ter medo de problema ou de botar a cabeça a prêmio no trabalho, porque se não você não será um bom profissional. Vá à luta."

Os livros

Em 2010 Solange Bastos publicou de sua autoria o livro "O Paraíso é no Piauí: A Descoberta da Arqueóloga Niède Guidon", sobre o Parque Nacional Serra da Capivara, onde se descobriu vestígios de pelo menos 60 mil anos da presença do homem, tornando o Piauí o Berço do Homem Americano, com o patrocínio do Governo do Estado do Piauí. O livro vem acompanhado do CD do documentário "Piauí Entocado", de Miguel Viveiros de Castro (50'), com legendas em português, francês, inglês e espanhol.
Solange segura o livro 'O paraíso é no Piauí', de sua autoria.
Foto: André Pessoa























Em setembro de 2015 lançou seu segundo livro-reportagem de divulgação científica, "Na Rota dos Arqueólogos da Amazônia, 13 Mil Anos de Selva Habitada". O lançamento foi no Museu Antropológico da Universidade Federal de Goiás, durante o XV Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira, a SAB, que ocorreu na vizinha PUC, em Goiânia. Desde 2009 Solange acompanhou as pesquisas de campo em quase todos os cantos da Amazônia, registrando as descobertas e as novas teorias que foram surgindo. Também dessa vez saiu um documentário acompanhando o livro, realizado por Miguel Viveiros de Castro, "Mundurukânia, Na Beira da História", que gravou com arqueólogos, ribeirinhos e índios da região do Tapajós. O filme inclui também gravações no exterior com alguns arqueólogos ligados a universidades europeias. Livro e filme foram lançados em várias cidades do Brasil e aldeias indígenas do Pará.

Carreira

Solange Bastos é carioca e iniciou como repórter e apresentadora da TV Gazeta em 1982. Em 1983 participou da fundação da Rede Manchete de Televisão, do grupo Bloch, no Rio de Janeiro. Por seu trabalho como repórter na Operação Antártica III em 1983/1984, foi convidada para integrar a equipe do programa Globo Repórter da Globo. Em 1988, voltou à Manchete e lá ficou até seu encerramento em 1999. Um de seus últimos trabalhos na Manchete foi a cobertura da Copa do Mundo de 1998, na França.

Desde 2002 está à frente da Família Bastos Produções, empresa de produção cultural, editora de livros e produtora de documentários.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Coordenação de Publicidade oferece três minicursos

A coordenação do curso de Publicidade e Propaganda, com o intuito de angariar fundos para a realização da 4ª Mostra Científica de Publicidade e Propaganda, oferece minicursos relacionados à Comunicação Social em diversas áreas.

Os cursos oferecidos são:

"Como extrair e aproveitar insights do Facebook e Instagram", com Danilo Nogueira, business inteligence da Minhagencia Propaganda e Marketing e criador e gestor das páginas Eventos Porto Velho e Eventos Rondônia
19 de novembro, 14h
R$ 45
Local: Laboratório de Informática (Uniron Shopping)
Inscrição: https://cursodemetricas.vpeventos.com

"Pesquisa quantitativa: tabulação e análise de dados", com Maria Angela Dummel, mestre em estudos culturais e especialista em estratégia e marketing.
19 de novembro
R$ 45
Local: Uniron Shopping
Inscrição: https://pesquisaquanti.vpeventos.com

"Design Editorial", com a professora especialista Adriana Cordenonsi
26 de novembro, 14h
R$ 45
Local: Laboratório de Informática Bloco J - Sala 8 (Uniron Mamoré)
Inscrição: https://designeditorial.vpeventos.com

O público-alvo são os alunos de publicidade, jornalismo e profissionais atuantes em comunicação e marketing digital. Vale lembrar que para inscrever-se, faz-se necessário visitar os links relatados acima.

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Agradecimentos aos parceiros e colaboradores da Semacom 2016

Um evento não é nada sem os parceiros, certo? Então, esse post é exclusivamente para realizarmos os agradecimentos.

Começando pelas empresas que aliaram seus nomes a um evento de comunicação, que contribuíram para uma melhor qualificação profissional de acadêmicos que buscam, nas atividades práticas da faculdade, o desenvolvimento de suas competências e habilidades e pela oportunidade de
propagar projetos de cunho social e experiências pessoais, em uma iniciativa acadêmica, sem fins lucrativos, que visa o desenvolvimento dos futuros profissionais do estado de Rondônia.


Criatto Design Móveis Planejados
Endereço: Av. Pref. Chiquilito Erse, 2853 - Embratel, Porto Velho
Contato: (69) 3229-6740
Fanpage: facebook.com/criattodesignmoveisplanejado

Art Dent
A arte de fazer sorrisos
Endereço: Rua Duque de Caxias, 740 - Porto Velho
Contato: (69) 3221-7103
Fanpage: facebook.com/Art-Dent-1555210231430912

Super Cinema
Maior canal sobre cinema do Brasil
Fanpage: facebook.com/tvsupercinema
Canal YouTube: youtube.com/user/tvsupercinema

Agenda Porto Velho
Site e redes sociais voltados para a divulgação de eventos culturais da cidade de Porto Velho
Site: agendaportovelho.com
Fanpage: facebook.com/agendaportovelho

DD Brasil Eventos
Sons e equipamentos de áudio para festas
Contatos: (69) 9 9313-7737 | 9 9323-1133

Faculdade Uniron
Escolha ser você
Site: uniron.edu.br


Às coordenadoras dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, Andreia González e Maria Angela Lima Dummel e ao coordenador da Agência UCOM, Ivan Souza, que colaboraram da melhor forma possível para o desenvolvimento do evento.

Esperamos contar com todos nos próximos eventos.

13 fatos + gif's que comprovam que essa foi uma das melhores Semacom's que já tivemos

1. A primeira videoconferência da história da UCOM
Sim! Graças a uma ideia dada pelo professor Bill Marques, entramos em contato com o canal Super Cinema e conseguimos uma palestra via Skype com Alexandre Ache, cineasta, produtor audiovisual, diretor de fotografia e cinema e digital influencer.

Estávamos apreensivos, afinal, streaming deixa qualquer um assustado devido a inconsistência da internet aqui na nossa região, mas... deu tudo certo! :D

A videoconferência foi totalmente interativa, onde palestrante e alunos conversavam. A galera pôde fazer perguntas para Ache, que foram respondidas na hora. Quem estava, pode comprovar: foi tudo muito bom!


2. Uma interpretação excepcional da música 'Amor Marginal', pela aluna de Jornalismo Sara Gabriela
A UCOM tem o compromisso de exaltar os talentos da comunicação. E é claro que durante a Semacom, abrimos vários espaços para a cultura. A aluna Sara Gabriela estava lá pra abrilhantar esse momento. Foi uma interpretação arrepiante!

Assista aqui o vídeo completo:



3. Uma palestra com conteúdo super atual e inovador: jornalismo ao vivo pela internet
Rudá Moreira, jornalista que exerce o jornalismo ao vivo, e que inclusive já cobriu diversos conteúdos polêmicos relacionados à política em Brasília, aplicou a palestra 'Jornalismo ao vivo: a transmissão ao vivo pela internet'. A ideia da palestra era apresentar métodos para realizar coberturas do jornalismo através do Periscope, Facebook Live, entre outros.

Sem contar que o palestrante fez um live e os alunos puderam participar! Foi show.


4. Paulo Ledo, da banda de rock regional Fora do Script também estava conosco
Nossos talentos regionais também precisam ser lembrados. Convidamos Paulo Ledo da banda Fora do Script, que foi lá e mandou uma autoral pra galera. Foi um momento bem agradável!


5. Nossas coordenadoras apreciaram o evento de perto
Andreia Gonzalez e Maria Angela Dummel, além de ajudarem bastante nos bastidores, também estavam presentes. Cada uma delas fez um discurso agradecendo a parabenizando a UCOM pela execução. De nada! ;)


6. Seis oficinas que foram um sucesso
Oficinas com temas inovadores, profissionais conceituados no mercado. André Cran, que aplicou Cinema de Guerrilha, Bill Marques com Produção Audiovisual para campanhas eleitorais, Felipe Araújo com Planejamento integrado de redes sociais, Jeferson Marques com Princípios básicos para edição de vídeos, Rudá Moreira com Jornalismo ao vivo e Vinícius Teixeira, com Media training, relacionamento com a imprensa e qualidade da informação.
Ao todo foram 96 participantes nas oficinas.


7. Os alunos Maríliane Bezerra e Jeferson Dino arrasando na música
Abrimos o terceiro dia de Semacom com a voz suave da acadêmica de Jornalismo Maríliane Bezerra, acompanhada de seu colega de sala Jeferson Dino que esteve no violão. Juntos, interpretaram a música Velha Infância, da banda Tribalistas.


8. A participação da Marcela Bonfim, que falou sobre reconhecimento, preconceito e amor por Rondônia
A fotógrafa aplicou a palestra A fotografia como reconhecimento, abordando diversos temas importantes, como preconceito, ressaltando que é importante conhecer algo antes de julgar e a relação desse tema com sua exposição, Amazônia Negra, composta de fotos impressas na madeira, cheia de conceitos importantes para a sociedade. Ressaltou também sua vinda de São Paulo para Rondônia e o quanto já ama nosso estado.


9. A participação do Coletivo Devaneio
Pra deixar mais rico ainda nosso espaço cultural, convidamos o Coletivo Devaneio, uma galera que mistura música e poesia em suas apresentações.


10. Os profissionais que se reuniram na mesa redonda
Os profissionais Felipe Araújo, Maria Ângela Dummel, Larissa Zuim e Carol Castro compuseram a mesa redonda e abordaram seus pontos de vista a respeito do jornalismo e da publicidade em tempos de mídias sociais. A mesa foi mediada por Iule Vargas e com total interação entre os acadêmicos, puderam discutir diversas vertentes relacionadas ao assunto, além de responder questionamentos feitos pelos presentes.


11. A tarde de documentários com Simone Norberto
O encerramento da Semacom contou com a presença da jornalista e cineclubista Simone Norberto, que fez a exibição dos documentários Quem matou Eloá de Lívia Peres e Memória para uso diário de Beth Formagini, além de estar a frente da oficina de sensibilização para o audiovisual documental.
Foram aproximadamente 30 alunos participantes e diversas discussões foram levantadas, como a ditadura militar e o atual extremismo de esquerda ou direita, a violência contra mulher e a espetacularização da violência. Fechamos da melhor forma possível: com sensibilização e reflexão sobre temas altamente relevantes.

12. Os mestres de cerimônia super descolados
Quebrando os padrões clichês de apresentação, os apresentadores da Semacom buscaram fazer do momento descontraído. No primeiro dia, Matheus Henrico e Jheniffer Núbia e no terceiro, Maílson Lima e Priscila Radany, quebraram o protocolo, saíram de trás da bancada e trouxeram ao evento uma informalidade permitida.

13. Lar do Idoso e responsabilidade social
Com o evento, conseguimos arrecadar muitos alimentos não-perecíveis que serão todos direcionados ao Lar do Idoso em Porto Velho. Assim que entregarmos, publicaremos aqui no blog uma matéria especial.

No primeiro semestre, também arrecadamos alimentos no evento Roda de Conversa com Ronaldo Nina, e direcionamos as doações para a casa de apoio do Hospital do Câncer de Barretos.

Ressaltamos que a gestão 2016 da UCOM, além de promover eventos que discutam a comunicação social, também busca reafirmar a responsabilidade social e o compromisso com a população na medida do possível.

Semacom é finalizada com oficina de sensibilização para o audiovisual documental com Simone Norberto

Por: Jheniffer Núbia
Foto: Maílson Lima (UCOM)

O último dia da XXI Semacom aconteceu no campus III da Uniron e recebeu na tarde deste sábado, 4, mais de 30 acadêmicos dos cursos de Comunicação Social - Jornalismo e Publicidade e Propaganda. Contou com a presença da jornalista e cineclubista Simone Norberto, que fez a exibição de dois documentários Quem matou Eloá de Lívia Peres e Memória para uso diário de Beth Formagini e esteve a frente da oficina de sensibilização para o audiovisual documental.

Simone Norberto atualmente é jornalista concursada do Tribunal de Justiça de Rondônia e é integrante do Cineoca, grupo parceiro da UCOM e que estimula seus membros a ver, discutir e refletir sobre o cinema.

Simone já produziu vários documentários históricos, multiculturais e turísticos de aventura. Ela comenta que assistir documentários, que estão longe de comercialização, é mostrar a realidade. Poder expressar o ponto de vista após essa analise é o que faz aguçar a sensibilidade e crítica de quem os assistem.

Simone Norberto, jornalista e cineclubista.
Foto: Maílson Lima (UCOM)

"A ideia é construir a realidade. Como existem hoje, várias plataformas que são muito utilizadas no meio de comunicação para divulgação do trabalho o objetivo da oficina é despertar essa sensibilidade no acadêmico, não falo de padronizar, mas de saber as ferramentas e utiliza-las para a formação da informação de forma ética e com responsabilidade", diz Simone.

Para a acadêmica do segundo período de Jornalismo, Thais Gomes de Oliveira, que esteve desde o primeiro dia em todas as atividades da XXI Semacom, o evento agregou valores e muito conhecimento. Mas a oficina deste sábado, comenta ela, abriu mais sua percepção quanto a composição da imagem a informação.

"Foi tudo muito interessante, pois como a própria a palestrante falou ela busca trazer do prático para teoria. Então a gente assistiu esses dois documentários e a partir deles podemos identificar como eles são feitos. E foi de grande valia em toda a Semacom, não me senti cansada, mesmo ficando muito tempo sentada. Todas as pessoas que passaram por aqui nesta semana transferiram muito conhecimento. Eu realmente gostei", fala Thais.

Completando 66 anos na próxima terça-feira, 6, o seu Mario, que é radialista há mais de 30 anos, acadêmico de jornalismo conhecido pelo jargão “Não sou dessa geração” comenta que depois da XXI Semacom, sua mente se abriu para o tempo das novas mídias sociais.

Seu Mario, expondo sua experiência na época da ditadura militar.
Foto: Maílson Lima (UCOM)

"Na minha geração eu era acostumado com gibi, livro de bolso, bang-bang, essa coisa de computador é algo novo. E só vim para faculdade por conta de duas questões: a primeira é que já tinha meus filhos todos criados e adultos e a outra foi que comecei a enfrentar algumas dificuldades na minha profissão dentro do rádio devido à idade. Depois dos 50 foi bem mais difícil conseguir vaga no mercado de trabalho. Essas coisas de plataformas e novas mídias eu estou aprendendo para eu não sair do mercado de trabalho. E participar da Semacom foi muito bom. Pena que foi só uma semana. Depois desses dias aprendendo, sei que estou com a cabeça aberta para enfrentar o mercado de trabalho e já até estou pensando em alguma coisa para começar a ganhar alguns trocadinhos com isso", descontraído fala seu Mario.

Foto: Maílson Lima (UCOM)

Com certeza essa semana foi um desafio para todos nós da UCOM. A Semacom requer muita dedicação e até mesmo noites sem dormir para que o resultado seja o mais agradável. Agradecemos a todos que fizeram deste evento possível.

Coordenadora do curso de Jornalismo Andreia González;
Coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda, Maria Ângela Dummel;
Coordenador da UCOM, professor Ivan Souza.

Aos nossos patrocinadores:

Criatto Design
Art Dent
Super Cinema
Agenda Porto Velho
DD Brasil Eventos
Faculdade Uniron

sábado, 3 de setembro de 2016

Jornalismo e Publicidade em Tempos de Mídias Sociais e Fotografia como Reconhecimento foram os temas da terceira noite da XXI Semacom

Por: Jheniffer Núbia

Foto: José Henrique Dias
Nesta sexta-feira, 02, aconteceu o terceiro dia da XXI Semana da Comunicação - Semacom, da Faculdade Uniron. A noite foi marcada por palestra com o tema A fotografia como Reconhecimento por Marcela Bonfim e a Mesa Redonda que estava composta por profissionais atuantes na área da comunicação.

Em clima de tranquilidade, o que mais parecia um sarau entre músicas e boa conversa, foi que iniciou o terceiro dia da XXI Semacom. Ao som da voz suave da acadêmica de Jornalismo Maríliane Bezerra acompanhada de seu colega de sala Jeferson Dino que esteve no violão, interpretaram a música Velha Infância, Tribalistas.

Os alunos Jeferson Dino e Maríliane Bezerra
Foto: José Henrique Dias

Logo após começou a primeira palestra da noite com a fotógrafa Marcela Bonfim com o tema A fotografia como Reconhecimento, abordando seu projeto de estudo Amazônia Negra e buscou quebrar alguns tabus, o que permitiu a aproximação do corpo acadêmico ao assunto. Marcela comenta que é um prestígio fazer essa troca, ainda mais quando se trata de um assunto que ela afirma amar.

Marcela Bonfim, fotógrafa e economista
Foto: Diógenes Queiróz (UCOM)
"O mais interessante é poder trazer essa ideia da beleza fora dos padrões que a sociedade nos emprega. O projeto Amazônia Negra é uma crítica ao mundo imagético atual, pois o padrão negro não é um padrão natural do mercado. Tanto a Publicidade como o Jornalismo têm como trabalhar essa imagem do negro e sua importância na sociedade, seja exaltando ou denunciando, é a memória do nosso povo. Meu objetivo é trazer essa evidência no campo acadêmico, um local que se discute da forma correta", diz Marcela.

Entre o intervalo da palestra e a Mesa Redonda, o ambiente novamente foi tomado por música e poesia com a participação do Coletivo Devaneio.

Foto: Diógenes Queiróz (UCOM)

Em seguida, os profissionais Felipe Araújo, Maria Ângela Dummel, Larissa Zuim e Carol Castro compuseram a mesa redonda e abordaram seus pontos de vista a respeito do jornalismo e da publicidade em tempos de mídias sociais. A mesa foi mediada por Iule Vargas e com total interação entre os acadêmicos, puderam discutir diversas vertentes relacionadas ao assunto, além de responder questionamentos feitos pelos presentes.

Carol Castro, que atualmente é analista de marketing digital na Ancar Ivanhoe Shopping Centers, além de proprietária do blog O bom daqui comenta sua participação na Mesa Redonda. "Eu acho muito legal poder contar um pouquinho o que a gente vive no mercado hoje, principalmente na nossa cidade que é bem escasso e com tantas delimitações, então é prazeroso poder discutir sobre isso e falar das diferenças que existem lá fora, que é gritante. Espero que vocês consigam absorver o que a gente tentou passar aqui nesta noite, porque quando entramos na faculdade a gente tem o pensamento de querer mudar o mundo e quando vai para o mercado de trabalho vê que é totalmente diferente", comenta Carol.

Carol Castro Pina na mesa redonda da Semacom.

O jornalista e também ex-membro da UCOM Felipe Araújo, que atualmente é gerente de Comunicação e Marketing do Grupo Pellucio, fala dessa mudança contemporânea e comenta de sua participação na Mesa Redonda. "É um caminho muito curto entre a academia e o mercado de trabalho e também é tudo muito rápido, uma hora você é acadêmico daqui a pouco você se destaca no mercado de trabalho e depois já está aqui compartilhando conhecimento. Foi muito interessante que a mesa foi bem mesclada entre os profissionais e os alunos também vieram com vontade de perguntar e interagir, o que é a melhor parte", afirma Felipe.

Felipe Araújo na mesa redonda da Semacom.
Foto: Diógenes Queiróz (UCOM)

Para a Mestre e publicitária Maria Ângela Dummel, a interação é fundamental para o crescimento tanto acadêmico como profissional. "Sempre que a gente tem a possibilidade de refletir entre a Publicidade e Jornalismo na prática isso é muito importante, pois o aluno precisa sair da teoria e conseguir visualizar a prática da profissão. Ali na mesa eram todos profissionais e os acadêmicos deveriam ter aproveitado mais, é uma oportunidade de interagir com os convidados e cada um com sua experiência pode mostrar a sua realidade e de fato contribui para o crescimento", diz Maria Ângela.

Maria Angela Dummel na mesa redonda da Semacom.
Foto: Diógenes Queiróz (UCOM)

A jornalista e Mestre Larissa Zuim explica a importância de conhecer as novas plataformas de trabalho do jornalismo. "Eu gostei muito de participar da mesa, acho o tema muito relevante porque lidamos com essas novas plataformas diariamente no jornalismo atual e falar sobre isso é importante já que estamos conhecendo e usando esses canais ao mesmo tempo, antes mesmo que se instaurem como material jornalístico", explica Larissa.

Larissa Zuim na mesa redonda da Semacom.
Foto: Diógenes Queiróz (UCOM)
  
Encerramento da Semacom

Neste sábado, 3, acontecerá o encerramento da Semana da Comunicação, desta vez no campus 3 da Uniron, Shopping, sala 203. A tarde será conduzida pela jornalista e cineclubista Simone Norberto, que abordará o tema "Documentário - Construção da Realidade". Os documentários "Sopro" de Marcos Pimentel e "Quem matou Eloá" será exibido e discutido, além da aplicação da oficina "Sensibilização para o audiovisual documental".